Notícias
Gestão da Cadeia de Suprimentos

Gestão da cadeia de suprimentos: o que é e como funciona na distribuição de medicamentos

07/10/2020

A cadeia de suprimentos, também conhecida como supply chain, é um conjunto de processos importantes para o desenvolvimento de uma empresa. Com um planejamento adequado, é possível gerar resultados significativos.

Para garantir que todas as etapas do processo desempenhem seus papeis com a máxima eficiência, é preciso fazer uma boa gestão da cadeia de suprimentos. Isso será um diferencial competitivo importante para os negócios.

Pensando nisso, vamos te mostrar como isso funciona na distribuição de medicamentos. Antes, veja quais são os tópicos que vamos tratar a seguir:

A gestão da cadeia de suprimentos

A cadeia de suprimentos está presente do início ao fim do processo de distribuição de medicamentos. Englobando a produção, armazenamento, controle de estoque, transporte e entrega dos produtos.

Para fazer uma gestão da cadeia de suprimentos de forma eficiente é preciso entender a demanda do mercado. Saber o que é a quantidade de produtos que serão utilizados em um determinado produto é importante aqui.

Prevendo as necessidades é possível antecipar e ter um controle maior do que será utilizado. A gestão de estoque se manterá constante e os clientes poderão ser atendidos com excelência.

Prevendo necessidades na distribuição de medicamentos

No que diz respeito à distribuição de medicamentos, este é um processo complexo, pois é difícil prever quais medicamentos que os pacientes vão precisar. Mas, com análises constantes e uso de tecnologia inovadora, incluindo inteligência artificial, é possível acelerar os processos e identificar as prioridades para a gestão da cadeia de suprimentos.

Neste ponto, é preciso salientar a importância de que os hospitais e clínicas, por exemplo, trabalhem junto com a distribuidora.

Com essa união de trabalho, os sistemas poderão ser integrados e as novas informações serão importantes para a logística e gerenciamento da cadeia de distribuição. Outra vantagem é que os dados são obtidos rapidamente e a atualização sobre toda a utilização é constante.

Além disso, estudos avançados podem contribuir muito para a gestão da cadeia de suprimentos, trazendo novas e diferentes perspectivas.

Atendendo as necessidades do mercado

A distribuidora compra o medicamento da indústria farmacêutica por uma necessidade já existente. Sendo responsável pelo gerenciamento dos produtos até que sejam entregues no destino final, que é o paciente.

Uma questão essencial para a Elfa nesse processo é a eficiência operacional. Hoje, as entregas acontecem em um prazo de 24 a 48 horas no máximo.

Com isso, a Elfa consegue atender urgências de forma muito rápida, mesmo durante este momento de pandemia.

Diversidade no portfólio de produtos

Um ponto importante da gestão da cadeia de suprimentos está relacionado a diversidade de medicamentos e Centros de Distribuição (CD) disponíveis para atender os clientes.

Manter um amplo portfólio de produtos é um diferencial que a Elfa leva muito a sério. Por isso, busca ampliar cada vez mais os serviços e produtos oferecidos para levar a melhor experiência para os clientes, fornecedores e parceiros.

Atualmente, a Elfa conta com centros de distribuição em todas as regiões do Brasil e isso é um grande diferencial. Pois, desta forma, é possível agilizar o atendimento aos clientes.

Com base nisso, vale lembrar também o papel da logística, que se não tiver um planejamento adequado pode interferir negativamente na cadeia de distribuição.

A eficiência logística e o portfólio diverso fazem com que os processos sejam mais assertivos e possam gerar resultados melhores. É um trabalho conjunto em que saber o que é cadeia de suprimentos e como melhorá-la constantemente vai alavancar os resultados.

deixe um comentário