Notícias
Educação corporativa

Indo além da Educação Corporativa: entenda como funciona a Unielfa

Formar, aperfeiçoar e capacitar os colaboradores para que possam crescer junto com a empresa. De forma geral, este é o propósito da educação corporativa.

Neste contexto, também é possível ir além, acompanhando o desenvolvimento para que não somente as habilidades técnicas e comportamentais sejam desenvolvidas. Cada pessoa também pode ter seus anseios atendidos e, assim, a satisfação pode ser aprimorada.

Sabendo da relevância disso, hoje vamos mostrar a importância e como funciona a Unielfa, a Universidade Corporativa do Grupo Elfa.

Veja quais são os tópicos que vamos abordar:

A educação corporativa na rotina da empresa

Ter alvos bem definidos é essencial para o sucesso da educação corporativa nos negócios. Diversos fatores precisam ser levados em consideração para alcançar os resultados esperados.

A diretora de gente e gestão do Grupo Elfa, Aline Sueth, conta qual a proposta da universidade corporativa do Grupo. “A Unielfa nasceu com um objetivo muito claro de ser a ferramenta, o mecanismo propulsor da disseminação da cultura”, ressaltou.

Ensinar e conscientizar precisam ser práticas que fazem parte do dia a dia. O treinamento de equipe é algo constante que interfere em todo o processo.

Pensando em desenvolver o máximo potencial de todos, os programas da Unielfa são fundamentados em cinco pilares:

  1. Cultura;
  2. Liderança;
  3. Vendas;
  4. Gestão;
  5. Finanças.

Estes pilares são fundamentais, pois desta forma é possível garantir que o planejamento dos treinamentos esteja totalmente consistente com os objetivos da empresa.

Os resultados da Unielfa

A proposta da Unielfa é desenvolver o aprendizado por meio de uma trilha de desenvolvimento, que conta com diversos programas. O propósito é que cada pessoa possa ser protagonista de sua carreira.

Além disso, os colaboradores podem conhecer mais da cultura e estratégia da empresa, enquanto desenvolve habilidades técnicas e comportamentais.

É preciso ir além da educação corporativa, por isso a Elfa se preocupa em desenvolver ações que possam complementar todas as habilidades e não apenas focar em questões específicas. “Para que o plano de treinamento realmente possa ter resultados que façam a diferença para a empresa, a gente começa a olhar para o lado. Isso significa que, por exemplo, estamos vivendo em um mundo digital, então eu preciso ter frentes que fomentem, que capacitem o nosso time para que sejam mais digitais”, destacou a diretora de gente e gestão da Elfa.

Na prática é preciso incentivar as pessoas e garantir a satisfação durante cada atividade, para que os resultados sejam os mais satisfatórios possíveis.

A eficiência e qualidade da capacitação profissional oferecida na Unielfa é comprovada. A média de satisfação dos colaboradores com as atividades é de 9,2.

Já foram realizadas diversas atividades, sempre buscando trazer o melhor para a equipe. Veja o que já aconteceu por aqui:

  • Treinamentos presenciais contaram com a participação de 1.680 funcionários;
  • Foram realizados mais de 3.000 treinamentos on-line;
  • E mais de 60 treinamentos presenciais;
  • Foram investidos mais de R$ 400 mil na Unielfa;
  • Até 2019, foram disponibilizadas 70 bolsas de estudo.

Alcançando e transformando pessoas

O aperfeiçoamento, por meio do conhecimento, é capaz de transformar não só a vida profissional, como também a pessoal.

A educação corporativa traz novas perspectivas para as pessoas e desempenha um papel importante. “A universidade corporativa gera diversas transformações, é o meio pelo qual você consegue ter maior amplitude, maior repercussão de muitas questões”, destacou Aline Sueth.

Cada informação absorvida é capaz de complementar, transformando a percepção e a experiência.

Todo novo conhecimento, seja ele qual for, é essencial para tornar o profissional mais completo e preencher todas as arestas possíveis. “O que está faltando nas pessoas para que sejam consideradas excelentes profissionais é a pluralidade”, finaliza Sueth.

deixe um comentário