Notícias
Sistema de distribuição de medicamentos

Sistema de distribuição de medicamentos: como funciona e qual a sua função

10/09/2020

Uma conexão estratégica, que vai da indústria ao paciente. Este é o propósito da empresa de distribuição de medicamentos. Todo o processo funciona baseado em compra, controle de estoque e qualidade, armazenamento e distribuição.

Os medicamentos e equipamentos hospitalares são essenciais para toda a sociedade. Diariamente, diversas pessoas fazem o uso de medicamentos para o tratamento de doenças. Com base nisso, distribuí-los de forma eficiente e segura faz toda a diferença.

Neste texto, vamos te mostrar passo a passo como o sistema de distribuição de medicamentos funciona. Desta forma, você pode entender tudo o que acontece desde a saída da indústria até a chegada ao cliente.

Antes de prosseguirmos, confira os tópicos que serão tratados:

As etapas do sistema de distribuição de medicamentos

Para que a distribuidora de medicamentos seja eficiente, é importante desenvolver um sistema seguro, ágil e organizado, com processos bem definidos e dentro das normais de boas práticas de distribuição. Além disso, é preciso contar com uma variedade de medicamentos para atender todas as demandas.

O sistema conta com algumas etapas, que são igualmente importantes para o processo como um todo. Veja quais são estas etapas e os aspectos mais relevantes:

Tudo começa na indústria

Os medicamentos são fabricados pelas indústrias farmacêuticas e em seguida partem para a distribuidora. É importante salientar que todo este processo passa por regulações e um rígido acompanhamento para garantir a qualidade.

Antes de ir para a distribuidora, todos os produtos são devidamente testados para controlar a confiabilidade.
A indústria depende do sistema de distribuição de medicamentos para escoar a produção e fazer com que chegue ao consumidor final.

Sistema de armazenamento

O armazenamento é uma parte muito importante do sistema, por isso é essencial dar a devida atenção e buscar soluções atuais.

A Elfa conta com um gerenciamento de armazenamento moderno e eficaz, capaz de garantir a agilidade e qualidade do processo. Isso é feito por meio do uso de novas tecnologias capazes de otimizar e melhorar a ocupação do espaço físico.

Utilizando o armazém vertical LOGIMAT® é possível fazer com que o sistema de distribuição de medicamentos tenha agilidade, qualidade e eficiência. Estes fatores, como já falamos aqui, são muito necessários.

Além de transformar a ocupação do espaço, esta solução conta com um software que será essencial para os indicadores qualitativos e quantitativos. O programa tem tecnologia avançada capaz de manter um inventário completo e endereçado de todos os produtos para melhorar o desempenho.

A grande vantagem aqui é ter um estoque organizado e sincronizado. Assim, quando os pedidos chegarem, o processo será mais seguro e rápido.

Da distribuidora para o cliente

Assim que a distribuidora de medicamentos recebe um pedido, a última etapa do processo começa. Os produtos são separados e embalados, atendendo todas as exigências de saúde e segurança.

Logo em seguida entra em ação o planejamento logístico, que fará com que cada item seja entregue no prazo. As condições de transporte também são importantes aqui, pois vão manter a qualidade dos medicamentos e equipamentos hospitalares.

Quando chegam ao destino, os itens são entregues por uma equipe preparada, que toma todos os cuidados necessários para a segurança de todos e a qualidade.

Integração para garantir a qualidade do processo

Todos os aspectos apresentados aqui mostram como o sistema de distribuição de medicamentos atende todos os padrões de qualidade exigidos. As boas práticas fazem parte da rotina.

Os Centros de Distribuição precisam ser diversificados e ter atuação em diferentes cidades e regiões para atender prontamente as demandas dos clientes.

Desde a indústria até a entrega, é essencial ter um processo integrado, em que todos os agentes envolvidos consigam trabalhar juntos. Tudo isso em prol de um objetivo comum que é a satisfação.

O sistema precisa passar por atualizações constantes para acompanhar as tendências que possam alavancar os resultados. Diversificar, mudar e transformar precisam ser fatores-chave para que a inovação esteja em foco.

deixe um comentário